Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘soturno’

Em comemoração ao Halloween, disponibilizamos duas promoções de arrepiar!
1ª PROMOÇÃO:
skoob1Se você leu “Muito Além da Alameda”, sabe que o dia 31 de Outubro tem sua relevância para a cidade onde a história se passa. Se não leu, talvez seja hora de desvendar este mistério! Aproveite! Passe o Halloween na casa que a família de Alice recebe como herança por apenas 5,99. Para adquirir clique aqui.
Promoção válida apenas até 31 de Outubro. Ebook disponível na Amazon.
Sinopse:  Uma família buscando recomeçar a vida, vai de encontro à uma nova e desconhecida realidade, após alguns anos de dificuldades na cidade grande. A casa, deixada como herança por uma tia distante, em um novo e pequeno mundo, revela grandezas e surpresas que se mostram a cada dia, em cada manhã,  em cada acender das luzes que brilham do lado de fora. O que há por descobrir ali? Qual será o mistério que envolve aquela propriedade? Embarque nesta viagem e veja o que se esconde muito além da alameda…
2ª PROMOÇÃO:
68486545-halloween-wallpapersSe você gosta de contos de suspense/terror e busca uma leitura específica para a noite de Halloween, “Soturno: três contos de suspense” pode ser o ideal. O ebook tem média de 46 páginas e apresenta três contos razoavelmente curtos para leitura rápida. Para adquirir o seu gratuitamente basta clicar aqui.
Sinopse: Em “Soturno – três contos de suspense”, publicação destinada apenas ao meio digital e lançada sob forma de ebook, a autora Barbara Nonato apresenta três de seus contos mais sombrios. Em “Obsessiva”, a primeira história, é explorada a obsessão humana, vista por dois ângulos distintos. Em “Culpado”, conto repleto de conteúdo sobrenatural, o leitor acompanha as consequências de atitudes impensadas de um jovem que insiste em desafiar o desconhecido. Na terceira história, “Debutante”, pode ser observada mais uma vez a presença de elementos sobrenaturais após um casal encontrar em seus pertences um quadro com a pintura do busto de uma jovem prestes a completar 15 anos de idade.
Aproveitem! Divulguem para os amigos! E tenham boas leituras!
Promoções válidas até o dia 31 de Outubro de 2016.

 

Anúncios

Read Full Post »

sky-95321_960_720SOTURNO – Ebook já disponível na amazon.com.br, por apenas 1,99 (o preço é este mesmo: 1,99!).

Sinopse:

Em “Soturno – três contos de suspense”, publicação destinada apenas ao meio digital e lançada sob forma de ebook, a autora Barbara Nonato apresenta três de seus contos mais sombrios. Em “Obsessiva”, a primeira história, é explorada a obsessão humana, vista por dois ângulos distintos. Em “Culpado”, conto repleto de conteúdo sobrenatural, o leitor acompanha as consequências de atitudes impensadas de um jovem que insiste em desafiar o desconhecido. Na terceira história, “Debutante”, pode ser observada mais uma vez a presença de elementos sobrenaturais após um casal encontrar em seus pertences um quadro com a pintura do busto de uma jovem prestes a completar 15 anos.

Basta ter ou criar uma conta na amazon, depois baixar o aplicativo Kindle (que é gratuito) em seu dispositivo móvel (celular ou tablet). Uma vez baixado o Kindle, você deve logar com os dados da conta na Amazon, jogar o nome do ebook na busca e adquirir seu exemplar digital. O pagamento é feito por cartão de crédito e de imediato você tem acesso ao conteúdo do livro.

Obs.:
1. O livro comprado não ocupa espaço em seu dispositivo; ele é baixado para sua biblioteca na Amazon, fica armazenado em nuvem, e poderá ser lido quando e quantas vezes você quiser.

2. Você verá a opção ‘leia de graça”, porém, somente aqueles que são clientes Unlimited Amazon tem acesso gratuito ao ebook (tratam-se de pessoas que pagam determinada mensalidade para o site, o que talvez não seja o caso de todos aqui). Aqueles que não dispõem deste recurso somente poderão ler o ebook mediante sua compra e o pagamento do valor de 1,99.

Obrigada à todos.

Read Full Post »

“Se me observa, diga-me. Quero entender essa sua  obsessão, e comparar com a minha.”*

Ruim era aquela sensação que se mostrava pertinente a cada momento. Nada foi diferente naquela noite chuvosa. Da janela do apartamento, oculta pelas cortinas, ela observava os que transitavam pela rua deserta. Tratava-se de uma área residencial e já eram altas horas, além de fazer muito frio. Isso não dava motivos pra tanta movimentação. Provavelmente aquela movimentação era somente obra do caso, e o restante era tudo fruto de sua imaginação… Talvez a única obsessão ali fosse a dela ao se considerar perseguida e observada a todo instante. Ainda machucada pelo passado e colhendo os frutos dele, sentia-se incomodada com qualquer presença que, em seu inconsciente, lhe soasse como estranha; se sentia invadida por qualquer sujeito que, mesmo indiretamente, se interpusesse em seu caminho.

Entre os transeuntes e ocupantes da calçada, um deles chamou-lhe a atenção. Tratava-se de um caminhoneiro que há mais de hora tentava consertar seu caminhão debaixo de chuva para, supostamente, poder seguir viagem. Um conserto sem fim, iluminado pela fraca luz do poste na calçada. Uma imagem até inocente, de um velhinho com semblante enrugado, esquálido e exaurido por uma vida inteira de trabalho pesado. Seria aquele homem um observador disfarçado e plantado propositalmente ali para acompanhar sua rotina ou fazer-lhe algum mal? Seria enviado de um alguém maior que ainda insistia em saber de sua vida e medir seus passos? Ou seria, de fato, apenas um caminhoneiro com problemas em seu veículo?… Muitas perguntas e poucas respostas circulando em uma mente que já não sabia se conseguia se manter sã frente a tantas dúvidas. Não, não podia ser… Aquela era apenas uma pessoa comum como tantas outras que deveras passavam ali; aquele era apenas um caminhoneiro cuja ferramenta de trabalho, já gasta pelo tempo e com ajuda da chuva, apresentava defeito mais uma vez. Tentava se convencer disso, enquanto encarava o sujeito por trás das cortinas daquele ambiente mal iluminado. Certamente ele nem sabia que ela estava ali à espreita, obsessiva, vigiando sua conduta… Sem nenhuma certeza disso ou de qualquer outra coisa, decidiu render-se ao sono que já ameaçava chegar e deixar de lado o caminhoneiro e seu conserto na calçada. A vida lhe impunha responsabilidades e realidades ao amanhecer e ela não podia ficar ali a perder tempo com mais uma de suas cismas. Deu às costas para a janela e dirigiu-se à cama sem perceber que, nesse exato momento, de soslaio, o caminhoneiro a olhou.

Do outro lado da cidade, sentado em frente à TV em uma luxuosa sala de estar, com duas garrafas vazias de vinho caídas a seus pés e uma taça de cristal com resíduos do líquido escuro, apesar do adiantado da hora, ele ainda aguardava o telefonema de seu contratado que, disfarçado de caminhoneiro, havia se posicionado embaixo de uma janela em uma rua residencial naquela noite chuvosa.

 ***

Nem sempre as coisas são o que parecem ou o que imaginamos que possam ser; mas em algumas  vezes elas são…

*A  citação usada abaixo da imagem é de Latumia (WJF).

Read Full Post »